Visita Budapest Y Hungría

Contacto

 Ramona Gálszécsy (guía licenciada en turismo-traductora)

 E-mail:

 info@budapest-guia.hu  

 Tel: + 36 30 251 4555

O Parque Nacional Hortobágy - Puszta- a Grande Planicie

2014.07.29.

Hortobágy é a maior pastagem natural contínua na Europa, fundada em 1973 é a maior área protegida do país com 82 mil hectares.
Hortobágy tem excelentes características da paisagem e é um exemplo único de convivência harmônica dos povos e da natureza com base no uso atencioso da terra, mantendo grande variedade biológica no que respeita às espécies e habitats

No entanto, à primeira vista, não há nada aqui. Se você olhar em volta, a coisa mais notável é que os seus olhos não estão presos por quaisquer edifícios, colinas e montanhas. A miragem pode ser uma visão espetacular em dias quentes de verão, onde você vê algo que não  existe. :)

A maior parte da área do Parque Nacional é formada por habitats naturais, pastagens alcalinas, e prados,  grandes e pequenos pântanos  fechados entre eles. Algumas zonas húmidas artificiais que cobrem uma área muito menor são de considerável importância: são os viveiros, situados em 6 mil hectares. Os pântanos e viveiros estão criando habitats de aves e são locais importantes para as aves migratórias. Até agora, o aparecimento de 340 espécies de aves foi registrado em Hortobágy, dos quais 160 espécies nidificam no Parque Nacional. Não se pode duvidar que uma das vistas mais espetaculares é a migração dos guindastes no Outono. Dezenas de milhares de guindastes, que também é a ave símbolo do parque, podem ser vistas todo mês de outubro como eles voam acima das pastagens para os seus lugares da noite.

O Parque Nacional Hortobágy foi inscrito na Lista do Património Mundial pela UNESCO em 1 de Dezembro, em 1999, na categoria de paisagem cultural, uma vez que o Hortobágy Puszta têm sido utilizado por seres humanos para pastar seus animais domésticos por mais de dois milênios.

Um grande número de  raças locais pouco exigentes podem ser encontrados aqui: o  Gado cinza hugaro, o Búfalo de água, as ovelhas Raczka . Espécies menos antigos são o porco Mangalica ,  e o cavalo Nonius.

Os visitantes são surpreendidos com as habilidades dos cavaleiros e com a visão dos rebanhos de cavalos a galope. Os pastores que vivem nas pradarias não tem edifícios permanentes para si ou para os seus animais. A maioria dos edifícios antigos de pastores são muito simples, mas muito práticos, feito principalmente de cana. Os poços  para abeberamento dos animais tornaram-se símbolos das pastagens húngaras. Inns foram construídos 10-12 km distante ao longo das estradas comerciais que atravessam as planícies, onde os viajantes podiam descansar e os pastores se transformar para a noite. Os turistas  gostan de visitar essas pousadas onde poden saborear os excelentes pratos de pastores e outras especialidades da cozinha da Grande Planície. 

atrás